terça-feira, 29 de julho de 2008

Helen Keller*

" Nunca se deve gatinhar quando o impulso é voar"

3 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Eu conheço mal a vida e obra da desgraçada da Helen Keller. De qualquer modo, se a sua obra é toda do tipo desta frase, pode esquecer-se. Com efeito, a frase é das tais que fica bem no rodapé das Selecções do Reader's Digest, mas não significa absoluta e rigorosamente nada. É o como o tudo vale a pena e a alma pequena do Pessoa.

jorge c. disse...

Da Helen Keller só conheço a brincadeira do Marco Polo.

- Marco?
- Polo.

nefertiti disse...

Selecções do Reader´s Digest é uma revista bem interessante. Durante muito tempo li-a com muito agrado. Todos os meses os meus pais recebiam-na. Na contra capa da "revistazinha" vinha sempre uma "amostra" de uma pintura famosa que eu retirava e guardava religiosamente.
Pronto, sr. funes, assumo que gostei muito de ler Selecções Reader´s Digest.
Assumo também a minha preguiça ao "espetar" uma mera frase para recordar uma personalidade tão genial que foi Helen Keller, mas isso são as tais influências da revista em cima citada. Frase que até, ingenuamente, pensei que tinha algum significado. Havia outras de facto mais interessantes.

Jorge c:

do Polo de repente lembrei-me desta:
-Polo.
-Norte?
-Não! Volkswagen!