quinta-feira, 21 de setembro de 2006

Aceitam-se sugestões e posologias...

fotografia de Abelardo Morell
Que fazer quando o vazio e o cansaço nos ataca, quando não nos apetece cá vir e deixar algo... e, quando apetece, apenas o negro do nada se destaca? A vazio, a vazio!

5 comentários:

sleep well disse...

temos duas enfermidades distintas:
vazio
e cansaço

A primeira pode curar-se, com uma paixão, um amor e todos os gestos e actos que tal "enamoramento" proporciona!

Se não fôr por aqui: um livro daqueles livros que nos ficam para a vida tb pode resolver a colmatar o vazio.

a segunda enfermidade:

umas férias, um fim-de-semana aloonnnnnnnnnnnnngado.
na falta de melhor, um suplemento vitaminico :)

tentei! bjo e vê se arrebitas...

Lady of the Lake disse...

Quanto sentimos um vazio penso que antes de mais é importante tentarmos reflectir sobre o que poderá estar, na nossa vida, a causar essa sensação, para depois podermos agir no sentido de colmatá-lo. Quanto ao cansaço, esse pode estar, de facto, relacionado com essa primeira sensação.

feniana disse...

a minha sugestão, querida wob, ´que aceites o meu desafio. está no meu blog. se te divertir, claro e contribuir para tirar o cansaço... porque o vazio vai precisar de algo mais. eu sei do que falo ;)

bjo

his_tory disse...

É o que dá a nossa "vida", especialmente quando não sabemos onde paramos no próximo ano.
A incerteza e as férias minaram a vontade de remar contra a maré, com a desmotivação de todos os aspectos relacionados com a própria carreira. Mas tudo se desvanece ao fim de umas semanas de trabalho... e quando damos por isso, já passou mais um ano.

O vazio...? Serão saudades...!? Mas eu é que lido com o passado...

rps disse...

Esperar que passe...