quarta-feira, 1 de julho de 2009

Óculos, para que vos quero?

Ontem, no final do dia, fui ao oftalmologista. Entretanto, quando ia a sair do consultório, encontrei uma amiga que me convidou para ir com ela às compras.
Doía-me a cabeça, não me sentia nada bem e, com um ar um pouco enjoado, disse-lhe:
- Compras? Não, obrigada. Olha, acabei de comprar uns óculos que me custaram os olhos da cara, acreditas? Estou escandalizada!! Até fiquei cega!
Ficámos durante algum tempo em silêncio, a moer o que tinha dito.
Por fim, desatámo-nos a rir.

2 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Isso dava um belos post para o meu tema recorrente sobre auto-referências.
Aposto que o médico lhe disse que tinha tensão ocular. Agora dizem todos. É a última moda que descobriram. Não ligue. Mesmo que seja verdade, o mais que lhe pode acontecer é ficar cega. Isso tem as suas vantagens: não nos distrai o universo. Pelo menos, era o que dizia Jorge Luis Borges.

Gawain disse...

Isto de uma pessoa ser capaz de se rir de si próprio, é algo que muito admiro.
Penso que apenas pessoas de grande inteligência e sensibilidade são capazes de o alcançar.
Gostei do seu post.