terça-feira, 15 de julho de 2008

Subsídios para uma história do amor humano



"(...) os nossos antepassados tinham uma consciência aguda da contingência do amor e recusavam-se a construir fosse o que fosse sobre um alicerce tão frágil."


Elisabeth Badinter, In O Amor Incerto,
História do Amor Maternal do sec. XVII ao sec. XX
Picture by Brassäi

1 comentário:

nefertiti disse...

por isso éramos nómadas (brinco).

abraço