quarta-feira, 12 de setembro de 2007

À beira de um ataque de nervos

Preocupa-a o facto de julgarem-na dotada de uma espécie de dom da ubiquidade. E se calhar, talvez não. Na verdade, o problema reside em tomarem como certa a sua incapacidade para dizer que não. Até ver.

2 comentários:

nefertiti disse...

cruzes canhoto. haja o mínimo de senso!

cuscavel disse...

E conseguindo, finalmente, dizer não, vem a dúvida e a culpa de o ter feito...