segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Futilidades e Necessidades


Ao fim de um esforço sobre-humano para evitar a ruína do consumo - prometi a mim própria uma cura de desintoxicação - cedo à primeira espreitadela na Fnac..... os meus ouvidos regalam-se e o banco ri-se das minhas necessidades, as quais apelida de futilidades.

5 comentários:

Woman Once a Bird disse...

Ou das necessidades que apontam como futilidades. ;)
A (verdadeira)música nunca será fútil. Ou passageira. Muito menos terrena. E as vozes que apontas são imortais, transcendem o humano das mulheres a que se emprestam.

Ceridwen disse...

It was your fault (at least one of them...)!!!!

nefertiti disse...

é futilidade de primeira necessidade : ))

maria viene disse...

Muito bem dito, Nefertiti ;)

E obrigada pela visita. Foste a primeira :)

@ disse...

não há nada de errado em mimarmo-nos de vez em quando...que se dane o dinheiro!