quinta-feira, 14 de junho de 2007

Adeus, não afastes os teus olhos dos meus

Quando dormes E te esqueces O que vês Tu quem és Quando eu voltar O que vais dizer? Vou sentar no meu lugar Adeus Não afastes os teus olhos dos meus Isolar para sempre este tempo É tudo o que tenho para dar Quando acordas Por que quem chamas tu? Vou esperar Eu vou ficar Nos teus braços Eu vou conseguir fixar O teu ar A tua surpresa Adeus Não afastes os teus olhos dos meus Eu vou agarrar este tempo E nunca mais largar Adeus Não afastes os teus braços dos meus Vou ficar para sempre neste tempo Eu vou, vou conseguir pará-lo Vou conseguir pará-lo Vou conseguir Adeus Não afastes os teus olhos dos meus Vou ficar para sempre neste tempo Eu vou conseguir pará-lo Eu vou conseguir guardá-lo Eu vou conseguir ficar Música de David Fonseca nota: Woman, eu apenas gosto da música... Vinha a ouvi-la no carro e gostei.

3 comentários:

Woman Once a Bird disse...

Mas eu nem escrevinhei nada!

nefertoite disse...

mas eu temia... algo, Ambrósia!; ))

feniana disse...

esse senhor tem uma boca absolutamente pecaminosa...do meu ponto de vista, claro :)

cante o que cante...

acho que até mónica sintra em inglês ;)