sábado, 19 de maio de 2007


O ouvido fixa-se no som das folhas de um livro, nas teclas de telefone ou do teclado. Os olhos vagueiam pela imensidão da planície e as mãos, essas estão presas a uma frescura perdida. Estão envoltas em trapos de memórias e de amnésias.


Foto de Alain Couillaud

4 comentários:

nefertiti disse...

adorei!! eu, agora fora de brincadeiras, adoro observar as mãos das pessoas. as mãos são as cartas de recomendações.

Woman Once a Bird disse...

Afinal não será o todo, Mª Nefertiti. ;)

nefertiti disse...

entendeste mal : )), gosto das mão porque fazem parte do todo!

Woman Once a Bird disse...

Como tudo o resto... ;)