terça-feira, 29 de maio de 2007

A brincar a brincar...

Sobre a embrulhada dos erros que não são alvo de aferição nas provas de de Português dos 4º e 6º anos, o nosso Presidente diz que concorda com a sua realização. Contudo, não se sente "pudagogicamente" habilitado para se pronunciar quanto à polémica dos erros. No que me diz respeito, as minhas dúvidas "pudagógicas" dissipam-se quando tenho alunos de 11º e 12º anos a defender que "não usam acentos" (que como se sabe fazem parte da estação Outono/Inverno ) ou que os restantes erros (em alguns casos às dezenas) são irrelevantes porque o que interessa é o que quiseram expressar.

3 comentários:

Rosa disse...

Olha, esses são dos meus. O importante é sempre o que se quis dizer, não o que, efectivamente, se disse, nem como se disse. O que fica por dizer, isso é que é. Nem mais.

Pudagogia não será a busca do eventual logos do púdico?
É pá, não sei, mas fico a pensar.

nefertiti disse...

eu acho é que nos andam a podar as ideias!! ai andam andam!!

Woman Once a Bird disse...

Não quererás antes dizer a pedar podagogicamente?