quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

No seguimento do elogio à Rita, traçado pelo camarada Funes, foi recomendada uma espreitadela (ou mais) à Louise Brooks. Ora, quem lê Funes, sabe que a afronta à eleita não ficaria por aqui. A resposta veio em forma de uma Louise que é (e com) um autêntico barrete.
Espantam-se os incautos, ri-se o Funes, indigna-se o Zekez e o RPS, no seu melhor, analisa as motivações do autor da polémica.

Pois por cá, achamos que foi um simples lapso. Porque teria sido impossível iluminar aquela Louise, se por acaso tivesse passado por esta...



7 comentários:

nefertiti disse...

os tempos mudaram e ainda bem... na antiga Grécia havia a Helena de Troia... uma guerra. Agora são duas mulheres... Acho que minimiza a situação, ou seja, divide-se os males ou bens pelas aldeias ou pelos blogs, não interessa. Bj

nefertiti disse...

a beleza jé começa a ser mais subjectiva :))

rps disse...

Mais uma grande foto de Miss Brooks.
Miss Brooks seria espantosa em todas as épocas.
A Rita é muito datada no tempo.

Funes, o memorioso disse...

Ora bolas!
Agora, por causa do último comentário, vou ter que matar o RPS.
Datada no tempo. Mas será que o RPS não percebe que Rita é o arquétipo platónico da beleza feminina?
Claro, é platónico. E nessa medida inacessível ao comum dos mortais.
Ele, RPS, que vive na caverna, no mundo das sombras, contenta-se com a desventuradíssima Brooks. A esta, olho para a foto que WOB aqui pôs e a única pergunta que me ocorre é: em que bordel trabalha?

Woman Once a Bird disse...

Caro Funes:
Pelo menos exorbitante deve ser...

Alexandre Dias Pinto disse...

Esta fotografia está fabulosa. Sobretudo se tivermos em conta, por um lado, o erotismo e a ousadia que ela contém e, por outro, a época em que ela foi tirada.
'A Caixa de Pandora' continua a ser um grande filme.

@ disse...

Desculpem-me, mas dúvido que esta foto seja mesmo da verdadeira Louise.