quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Por falar em inteligências...

Não há nada tão estúpido como a inteligência orgulhosa de si mesma. Bakunine

7 comentários:

Anónimo disse...

Ai, e eu que vinha mesmo agora declarar aqui que sou tão inteligente :D Loool! Concordo com a afirmação.. a pessoa perde completamente a piada se a andar a "vender" aos outros.

nefertiti disse...

:)))

nefertiti disse...

sabes Isabel, nem foi pela afirmação, foi mesmo pelo autor, Bakunine, anarquista do séc. XIX. Fiz um trabalho sobre ele... na altura, o meu primeiro interesse foi realmente entregar o trabalho a tempo e dar o assunto por encerrado!Não havia pachorra para mais. Mas depois deu-me gozo apresentá-lo, lembro-me até ter ficado empolgada quando o que lia, (estava a ser mui radical!!). "Eu", em plena aula, dizia mal do estado, das instituições, das religiões,das associações,dos partidos...

Anónimo disse...

perdão, Isobel

jose disse...

já eu acho que existem imensas - imensas - coisas mais estúpidas que isso. Tão demasiado imensas que a frase até me parece um pouco estúpida. Mas, como cada um tem a sua percepção única das coisas, bebo uma caneca em honra do Bakunine!

rps disse...

Nefertiti, a radical...

Anónimo disse...

Para a autora: seria interessante contextualizar esta citação do anarquista revolucionário Bakunine. Se soar muito académica, a minha sugestão, então esquece!
Rolando A