quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

"A Calçada da Corticeira é o Calvário das Carquejeiras do Porto"


Outro testemunho de um observador - Hugo Rocha - do 'calvário' das carquejeiras publicado no
 Século Ilustrado, a 19 de Abril de 1947, retirado daqui.
Para eventuais interessad@s, pode ler-se, no Centro de Documentação Movimento Operário e Popular do Porto, no âmbito do projecto "Memórias do Porto: testemunhos do Porto laboral do séc. XX", o testemunho de Palmira de Sousa, que percorreu a Calçada desde os 10 anos de idade.


3 comentários:

Manuel Rocha Ribeiro disse...

A rampa da Corticeira, foi palco de de uma corrida realizada em 1910 - "O automóvel, (um Ford possivelmente da Garage de Albino Moura em S. Lázaro), ainda raro e só ao alcance de privilegiados, fez aqui uma demonstração, relatada na Ilustração Portuguesa, n.º 221 de 16 de Maio de 1910." texto e foto, fonte: http://doportoenaoso.blogspot.pt/2011/05/atencao-de-vida-em-fotos.html

Manuel Rocha Ribeiro disse...

De facto, a rampa da Corticeira no Porto (tem um declive de 29 % e uma extensão de 300 metros) foi mesmo palco de uma corrida de automóveis! Em 1910 um automóvel, Ford provavelmente da Garage de Albino Moura em S. Lázaro, subiu a rampa da Corticeira em 32 segundos, conforme documenta a Ilustração Portuguesa, n.º 221 de 16 de Maio de 1910.
Fonte:
http://doportoenaoso.blogspot.pt/2011/05/atencao-de-vida-em-fotos.html

Manuel Rocha Ribeiro disse...

De facto, a rampa da Corticeira no Porto (tem um declive de 29 % e uma extensão de 300 metros) foi mesmo palco de uma corrida de automóveis! Em 1910 um automóvel, Ford provavelmente da Garage de Albino Moura em S. Lázaro, subiu a rampa da Corticeira em 32 segundos, conforme documenta a Ilustração Portuguesa, n.º 221 de 16 de Maio de 1910.
Fonte:
http://doportoenaoso.blogspot.pt/2011/05/atencao-de-vida-em-fotos.html