domingo, 20 de dezembro de 2009

Ai fé a quanto obrigas…

Aqui, onde vivo, pratica-se a fé durante toda a noite. É a banda, os foguetes, as romarias e os afins da religião. Tudo, penso, em nome da fé.

Ouvi mesmo dizer que há povoações que têm um altifalante para projectar a missa durante a noite toda. São as missas do parto na Madeira.

Precisava de dormir em paz, mas a fé dos outros tem sido o meu pesadelo… Resta virar-me para o som com o ouvido que ouve menos.

De resto, oremos sempre e o barulho esteja connosco. Ámen.

(Mas, sinceramente, não acho isto normal.)

3 comentários:

Woman Once a Bird disse...

utêntico suplício. Sim, aqui onde vivo, a missa do parto é berrada aos altifalantes piedosos. É desta forma que levam uma pessoa a pecar, com maus pensamentos quando ainda nem sequer abriu convenientemente os olhos.

AVOGI disse...

também é só no natal. ou será todo o ano? Há igrejas que repicam os sinos todo o ano.

Woman Once a Bird disse...

Avogi: repicar os sinos é todo o ano. Agora foguetes, banda e missa cantada (e projectada para quem não quiser ouvir às 6 da matina) acontece no Natal.