segunda-feira, 24 de agosto de 2009

"Razões de uma escolha" - título usurpado ao Entre as Brumas da Memória

Há um passo na entrevista à Carolina Patrocínio que para mim foi muito esclarecedor quando às razões da escolha da moça para mandatária do PS para a Juventude: a menina não gosta de perder, mesmo que para que tal não aconteça tenha que fazer batota. Parece-me em perfeita harmonia com a actuação deste Executivo e respectivos proponentes a mais 4 anos (a confissão bem que podia ter saído do Ministério da Educação, né?).

2 comentários:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Faz todo o sentido... ehehe

Nefertiti disse...

Que lindo, vejam só, a fazer batota e tudo!