domingo, 5 de julho de 2009

Sem pau nem pedra

Ainda não me refiz do choque em relação à capa da Visão desta semana. Ao passar pelas bancas, desdenhosamente ri-me da capa da Sábado, com o óbvio MJ. O susto que apanhei quando cheguei a casa é indescritível: MST como tema de capa. Castigo óbvio da Deusa.

PS: Não, ainda não li a entrevista, um susto de cada vez.

2 comentários:

Maria Velho disse...

não é um susto. é um horror!
e publica hoje o coiso, com letras. e eu que até ofereci uma mão cheiinha de nada à santa quando ele foi roubado. irra, que o home tem uma sorte...

Marta disse...

Maria, MST explica na entrevista que não foi sorte :) explica tudinho. ou quase.

Dele fiquei-me por
Não te deixarei morrer, David Crockett.

De resto, no que respeita a livros, não li mais nenhum. Não sei como se sai; como se saiu.
Tiragens... tem-nas de fazer inveja...mas reconhece [na entrevista] que não são as tiragens que fazem um escritor. Pelo menos, foi a leitura que fiz.

Dele,
que goste até à eternidade e que leio e releio e releio: Sophia. Sempre.

beijos, menina que já foi pássaro