segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ofereço material didáctico (manuais e CD...) de Português

Livros (do 3.º Ciclo e Secundário) que fui obtendo e que nunca usei...

Deixem aqui endereços e solicitações, pois eu terei muito gosto em enviar o referido material. Obrigada.

13 comentários:

San Possidonio - Modena disse...

"Livros (do 3º Ciclo e Secundário..."
3 graus...Celsius? Graus matemáticos?( em termos matemáticos é considerado um ângulo agudo.)
Se é terceiro ciclo que queres escrever, então tal deve ser: 3.º
Escrever (bem) não é só em termos sintácticos, semânticos e afins...

Woman Once a Bird disse...

Caro Possidonio: obrigada pela lição já conhecida. Agora gostaria que se apresentasse, que isto de já tratar a Nefertiti por tu deixa a desejar, ainda que seja san-to. Cumprimentos a Mirandola.

nefertiti disse...

O Sido anda a ver muitos desenhos desanimados, ou lições de televisão... Enfim, por não ter muito assunto a discutir consigo, aliás nunca tenho, dou por encerrado o assunto.

nefertiti disse...

Já agora, aprenda a pontuar melhor os seus deléveis comentários.

San Possidonio - Modena disse...

Assuma que errou e depois bufe o que quiser.
Grave é não saber mas mais grave (o ângulo com 3º é agudo) é não saber e não querer aprender. Não se lamurie das acções dos seus alunos pois as suas são piores.

Woman Once a Bird disse...

As considerações que uma pacata localidade consegue tecer da resposta de Nefertiti. Curioso é que o seu comentário também se aplica ao que foi enunciado por Nefertiti. Assumamos pois.
Se vir o Pico, endereçe-lhe os meus cumprimentos.

nefertiti disse...

Nunca me lamuriei das acções dos meus alunos, San Possidonio Não Sei das Quantas e Não sei de Onde, deve ter sonhado isso. As acções e as chamadas de atenção de pessoas como o senhor fazem-me muita impressão. Mas, sem bufar, irei corrigir o meu erro e admiti-lo, se isso o deixa mais feliz. Adoro contribuir para a felicidade dos outros.
Contudo, Sr. Que de San Não Tem Nada, fiquei com a certeza que há muito poucas pessoas que sabem ensinar. Se é professor, ou pai, ou simplesmente alguém que quer ensinar, tente ser mais assertivo e menos arrogante, porque logo no seu primeiro comentário revelou ter pouca prática na escrita e nas relações humanas! Aspectos de extrema importância na transmissão dos conhecimentos.
E, já agora, onde é que eu utilizei as reticências que o Sr. citou?

Há um provérbio chinês muito interessante que diz: "Diz-me e eu esquecerei. Ensina-me e eu lembrar-me-ei. Envolve-me e eu aprenderei."
30/6/09 21:56

nefertiti disse...

Quer livros de Formação Cívica? Também tenho muitos!

San Possidonio - Modena disse...

Eu não sou professor, pai sou e a forma como se ensina deve corresponder a padrões de qualidade.
Mais importante do que o envelope é o que a carta leva escrito.
"San Possidonio Não Sei das Quantas e Não sei de Onde" e "Sr. Que de San Não Tem Nada" revelam que a educação/bom trato não é propriamente uma área que faça parte de si.
"E, já agora, onde é que eu utilizei as reticências que o Sr. citou?" Se não aprendeu como se deve fazer citações eu não tenho tempo para lhe explicar. E não sou senhor. Sou senhora.
"Nunca me lamuriei das acções dos meus alunos,...", se calhar sou eu que escrevo os "textos" que a senhora assina...
"Quer livros de Formação Cívica?" Não, obrigada.

nefertiti disse...

Lá está, a educação vem da família. Não quero que me explique nada, mesmo que a senhora seja detentora de uma sapiência invulgar como quis evidenciar, eu não gosto da forma como escreve e, provavelmente, fala.
Contudo, agradeço desde já o tempo que perde na análise dos meus "textos", mesmo revelando ter dificuldades na interpretação.

Woman Once a Bird disse...

Lamento ter que recorrer uma vez mais a isto, mas vou ter que colocar novamente moderação de comentários. San Possidonio podia ter sido bem mais educado nas suas recomendações e acusações relativamente a quem não conhece. P pedantismo com que aqui chegou só revela falta da educação que apregoa - tem razão quanto ao que evocou, mas a forma como o fez é lamentável. Já por cá tivemos casos como o seu e a indiferença é mesmo o melhor remédio. A partir de agora ou comenta de forma escorreita e válida ou então não terei qualquer problema em recusar-lhe os comentários. E ajuíze o que quiser em relação à resolução - desde que educadamente, que é o que lhe tem faltado.

Woman Once a Bird disse...

Post scriptum à moderação de comentários:
Sim, apaguei o último comentário.
Não confundo liberdade de expressão com má intenção, malícia e má educação.

nefertiti disse...

Eu acho que o último comentário deveria permanecer : )