terça-feira, 6 de maio de 2008

A doçura da provocação: da contra-série "La beauté est dans la rue"

"Encetemos timidamente a leitura da constelação deste poema(...)." Derrida


4 comentários:

nefertiti disse...

Dentro do género... não está mau, não está não senhor ; )) Vive la beauté et la rue aussi!!!

jorge c. disse...

A alternativa era o Sartre, não era? Ahahahahahah!

Woman Once a Bird disse...

Tem calma, Jorge, que ainda agora comecei. ;)

jorge c. disse...

Vá! Eu finalizei a minha hoje com «uma doce provocação».