quarta-feira, 29 de agosto de 2007

"Vacas, orelhas e virgindade"

À boa maneira da revista Selecções Reader´s Digest: "Rir é o Melhor Remédio " Esta história ocorreu numa sessão da Academia de Ciências russa. O agrónomo Denisovich Lysenko (1898-1976), fundador do chamado “darwinismo criativo”, dava uma conferência sobre a hereditariedade dos traços adquiridos. Ao concluir, o físico Lev Landau perguntou-lhe: - Portanto, afirma que, se cortarmos uma orelha a uma vaca, às suas descendentes e assim sucessivamente, mais tarde ou mais cedo nascerão vacas sem orelhas? - Então, senhor Lysenko, como é que me explica que continuem a nascer virgens? In Ciência Divertida

5 comentários:

Woman Once a Bird disse...

Curiosamente, este título poderia ter dado origem a um post totalmente diferente.

Woman Once a Bird disse...

A pergunta foi bem colocada. Ainda que revele a arrogância natural dos Físicos perante outras áreas...

nefertiti disse...

um post sobre o presépio?

rps disse...

Nascem?!

nefertiti disse...

não sei, rps.