sábado, 12 de maio de 2007

Pressentir Sexta, permanecer na Quinta

A entrevista de Cesariny deixou claro; o poeta despe definitivamente a palavra para assumir a imagem. Eu, que sou adepta da palavra, agarro-me às franjas de Quinta, porque Sexta significa voltar à norma dos restantes dias, à imagem, ao desenho de Cesariny que se repete diariamente dispondo os mesmos elementos de forma aleatória. Agarrei-me às franjas de Quinta, porque sinto que só ela FALA, ou seja, só ela recorre descaradamente à palavra. Na tarde de ontem que não aconteceu ontem - porque segura por um fio no dia anterior - ouvi um mestre que usou a palavra sobre Jardins, Mundos e Utopias. Ainda antes de agarrar as palavras cintilantes na sala de conferência, as cortinas abrem-se e vemos o Mundo lá fora, os jardins de dentro para fora. Primeiro, a claridade súbita. A natural, claro. Depois, a imagem da vegetação luxuriante do outro lado do vidro. Discutir jardins, na caverna (palavras do mestre), tendo o jardim lá fora. E portanto, de janelas claras emprestei o ouvido aos jardins no mundo. Aos mundos de jardins. Às utopias fora do mundo e, principalmente, às utopias fora do Tempo. Fiz bem em permanecer na quinta feira, em suspender o tempo de que me falariam no dia que não foi sexta.

5 comentários:

nefertiti disse...

eu nem é a quinta (são muitos os dias), é um tempo que permanece num passado longínquo, bem no tempo em eu li Utopia, Elogio da Loucura e o Príncipe (trio meravilha). História da Época Moderna com a Prof. Emília Hemberg. ai que saudade daquelas palavras e, obviamente, imagens.
adorei este post.

nerfertiti disse...

P.s: bem vejo como andas inspirada ; ))
olha aqui vai para ti:
(...)
"Mordidas mansas, emoções
suspiros densos, afagares
liberto das definições
o amor define os seus lugares
ilhas desertas até ver
ver o sol, a chuva
o arco do corpo
arco-íris, corpo a corpo
cara a cara, cor a cor
incandescendo o olhar
(Pousa agora, borboleta
na pena deste poeta:)

É uma cor que dá na vida
o amor..."
(...)
sérgio godinho (claro!)

Woman Once a Bird disse...

Não foi o tema que JMA levou a PXO aquando da primeira conferência? Não tenho a certeza...

Anónimo disse...

não sei... não me lembro.

Rosa disse...

Demasiado eclético, ou então estou cansada hoje.