quinta-feira, 31 de maio de 2007

O meu pobre coração não aguenta. 2

Morreu Marco António de resposta sempre pronta e sequioso por um olhar de Cleópatra. Morreu o estratega que se perde por uma mulher. Leia-se, que morreu (o Marco António de) Richard Burton.
O novo - esse - grita por fodas e esmaga cabeças. Parece um energúmeno que perdeu o pouco cérebro que tinha com a morte de César.
Quanto a Cícero, provavelmente ofendido com o que escrevi há algumas semanas, deu(-lhe) o golpe de génio (qualquer coisa como): "Lê esta missiva como se fosses de facto um homem sóbrio e inteligente e não um idiota ensopado em bebida e sexo."
Patética, a fúria do novo, em jeito de concordância com a missiva acabada de ler.
Átia já esteve mais inteligente. Dormir com acéfalos pode provocar perda substancial de cérebro. A ver se ainda o mantém (cérebro e real cabeça) no próximo episódio.
(Nunca mais é segunda)

1 comentário:

nefertiti disse...

ainda bem que tenho o resumo, na outra segunda nãp cheguei a ver. bjs