segunda-feira, 12 de março de 2007

Ainda....

Ser homem (M) ou ser Mulher (F) Que importa a distinção! Não houve acto de vontade Nenhum teve a liberdade, No momento de nascer Para poder decidir Qual dos dois queria ser. Que importa a distinção! Se o sangue dos inocentes Em batalhas derramado, Corre vermelho para ambos E não vem etiquetado! Se a dor e o sofrimento Se a alegria e a tristeza Se o amor e a paixão Não escolhem M ou F, Não se dão a tal proeza Que importa a distinção! Se a injustiça e a crueldade Não fazem qualquer selecção, atingem sem piedade Seja Homem ou Mulher Que importa a distinção! Maria da Luz do Ó
Claro que por vezes importa, nos salários, um entre muitos exemplos. Mas em todo o caso, agrada-me a recusa do determinismo biológico. Em muitas coisas, definitivamente, homens e mulheres não se distinguem. É-se discriminado sempre: pela classe social, pela religião, pelo partido político, pelo clube de futebol, pela orientação sexual e claro, pelo género. É só escolher.

2 comentários:

Woman Once a Bird disse...

É sempre a escolher...
Kisses ;)

nefertiti disse...

gostei!