segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

É imperativo...

Levar a Educação aos Afectos, E os Afectos à Educação. Ou Lullaby extraordinária do dia depois do referendo.

4 comentários:

gaja disse...

Directamente da arca dos mais preciosos tesourinhos da música portuguesa. Lindo!

nefertiti disse...

gostei!

cuscavel disse...

Afectos e Educação... fez-me lembrar Maria de Lourdes Pintasilgo:

"Que motivações se podem suscitar na educação? O caminho é límpio e claro: nunca me esqueço do que sinto".

Quanto à música, estou com a nefertiti! :)

feniana disse...

bom.muito bom!