sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Sempre amor!

Há quem diga que não há amor como o primeiro... Pois eu acho que não há amor como o primeiro nem como o segundo nem como o terceiro nem como quarto...
Todos iguais, todos diferentes, OS AMORES!
( Pintura de Marc Chagall)

10 comentários:

Woman Once a Bird disse...

E geralmente tramados! ;)

Latin disse...

E sempre motivadores! ;)

rps disse...

Um post consensual. Presumo.

Gaia disse...

É parecido com a amizade.
Todas diferentes, algumas iguais: umas respeitam,efectivamente, o Outro; outras, nem tanto...expõem-na com uma ligeireza insustentável(somente do ponto de vista dos, efectivamente, amigos) aos outros, não respeitando o Outro...é a vida...onde poucos se inscrevem.

P.S.: Em caso de dúvida, quanto ao(s) amor(es), podes sempre ligar para as informações.

jose disse...

bem bisto.

feniana disse...

CONCORDO...

mas...

do primeiro sorri-se com mais ternura ;)


ps: que saudades vossas, deste blog nosso!

Woman Once a Bird disse...

Minha querida Feniana:
Andas desaparecida... aqui e lá. Toca a mexer essas teclas. ;)

sleep well disse...

Eu gosto de acreditar que não há amor como o último :)

Nefertiti disse...

feniana... também teno saudades.

A todos: Um brinde aos amores! abraço

Nefertiti disse...

tenho (sorry)