domingo, 21 de maio de 2006

O Estranho Caso do Fato de Domingo À Noite.

Oh, Joy! Ainda de olhos molhados de tanto rir, depois de ver a introdução a essa maravilha que decorre na Sic, a saber, os globos de ouro (não fazem por menos).
Se a noite prometia brincadeira com a (re)volta da Bárbara Guimarães aos directos (em pose de Tenente), a brincadeira não começou por menos. Risível a passadeira vermelha com o pessoal-zinho a atravessá-la com pose de estrela, travados pelos repórteres (??) de serviço a perguntar pela assinatura dos trapinhos.
Terão tido acções de formação onde reviram as entregas de prémios lá fora? As poses, os sorrizinhos, as perguntinhas... tudo muito ridiculozinho!
Amei o engano: "Então vens vestida de quem?"

9 comentários:

Gaia disse...

Conta mais.Estou sem TV há 3 dias. Estou a adorar, mas o pior é que perco estas coisas.

Woman Once a Bird disse...

Deixei-me daquilo. Não sei como corre a coisa.

rps disse...

Poupe-me, Miss WOAB! Faça outro post! :-)

Lucy disse...

LOL
Joaquim Monchique em grande! Depois de anunciar a vencedora de Melhor Manequim do Ano, quando esta se aproxima do microfone para os agradecimentos, o Monchique antecipa-se e diz:

"Ela agora vai agradecer à mãe e ao pai, porque se não fossem eles, ela não assim TODA BOA!!!!"

nefertiti disse...

gostei dos cowboys: "o casal do ano!!"

Sancho Gomes disse...

WOAB:

eu manter-me-ia mais fiél ao livro e entitularia: O Estranho Caso da Boazona que me Entrou pela Televisão Adentro.

a disse...

é mais uma mostra do admirável país que temos...
em relação às fatiotas,e sem querer parecer púdica...rs(que disso não tenho nada!), mas será que toda a gente acha que ser sexy é usar um decote em bico com as mamas a saltar??é que foi o look mais recorrente...

Woman Once a Bird disse...

E provavelmente, a exemplo da Alexandra Lencastre, o fato veio da lavandaria, encolheu, e não tiveram tempo de ir a casa trocar...
O pessoal não quer mamas a saltitar, elas é que têm vontade própria. ;)

Frederico disse...

Ah! Agora entendo a foto de capa de uma revista do coração qualquer, em que aparecia uma loira de homens endinheirados, a sair de uma limusine com um ilusionista.
...E lembro-me que, ao contrário do aqui referido, o vestido tinha um reforço para as mamas não saltarem.
Confesso-vos que não tinha graça nenhuma!
No meu conceito beirão, mamas, em qualquer parte do mundo, são para mostrar!

O "requinte" não foi inventado para as festas das bolinhas douradas.