quinta-feira, 22 de dezembro de 2005

Poesia em movimento


Soubesse eu como como musicar este blog, e alimentaria não só o olhar....

Delícias para os sentidos.

8 comentários:

Barbed Wire disse...

Isto pode ter várias interpretações. Há quem veja uma gruta, há quem veja um buraco, há quem veja uns arbustos, há quem não veja nada e há quem não tenha paciência para tentar interpretar isto...lol

Woman Once a Bird disse...

E tem necessariamente de ser interpretado?

salomé disse...

Foi assim que consegui que alguma alma caridosa me ensinasse a colocar música no blogue: com um post semelhante a este. Agora está aqui - nestes favores em cadeia - a minha oportunidade de salvar o ano com uma boa acção. Basta que me digas para onde enviar o mail! Ou enviares o teu endereço para o meu e o resto já se sabe.

Woman Once a Bird disse...

Já respondi Salomé. espero que recebas o meu mail. Obrigada.

Everything in it's Right Place disse...

pero que me gusta mucho, mucho los Sigur Rós.

ainda ontem ouvi este mesmo "Takk...".

mas não abuses do musicol no blog! ainda pões aqui Pixies e fica uma coisa chata à brava!!

Woman Once a Bird disse...

Lois, eu achei complicadíssimo a história de pôr isto a tocar... mas graças a ti, estou a pensar duas vezes. E é claro que a inauguração seria com os MARABILHOSOS PIXIES!!!!!!!!!E à tua!

Barbed Wire disse...

É isso... Pixies para dar cabo da paciência ao Everything...

jose disse...

pixies, sim! só ouvi uma música de takk. apreciei, sim. tenho que ouvir o resto. comigo sigur ros só funciona em determinadas situações. tenho que estar perfectly in the mood.